Social Icons

Pages

29 outubro 2011

Por que essa negatividade? Joyce Meyer

 

tristeza11Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo. João 16:7-8

 

Anos atrás, eu me sentei em uma mesa com seis palestrantes públicos. Todos eles estavam no ministério mais tempo do que eu , mas Deus tinha me dado o sucesso maior para o exterior do que os outros.


Como a conversa prosseguia, eu percebi que eu estava fazendo mais do que falar, contando uma história atrás da outra. Todos sorriram, e ninguém agiu ou se ressentiu com a minha dominação.
Depois, eu pensei sobre meu comportamento. Eu não tinha feito nada de errado, mas eu percebi que tinha controlado a conversa, e eu senti o Espírito Santo me incomodar. Embora eu não estava ciente de que, no momento, em retrospecto, eu percebi que eu tinha sido rude e egoísta por dominar a conversa. Assumindo o controle, que é o que eu tinha feito.Talvez eu era insegura e não queria que eles me vessem como ninguém, mas confiante e capaz. Talvez eu tenha falado muito, porque eu estava nervosa com a presença de meus colegas. Talvez eu estava tão cheia de mim mesmo que tudo que eu queria fazer era falar sobre mim, e era o que eu estava fazendo. Uma pessoa verdadeiramente amorosa está interessada em outras pessoas e sempre atrai-los para a conversa. Percebo agora que eu não estava operando no amor naqueles dias.


Na maioria das vezes, eu fiquei tão ocupada falando sobre mim e meu ministério que eu nunca enfrentei o que estava errado dentro de mim. Senti uma pequena cutucada do Espírito Santo com freqüência, mas eu realmente nunca parei para prestar muita atenção.


Em vez de olhar para nossos próprios defeitos e falhas, muitas vezes nos concentramos em outras pessoas e que achamos que é errado com eles. É mais fácil e menos doloroso. Enquanto nós podemos manter o foco em outras pessoas, não temos de examinar nossos próprios corações.


Não é proposital, e tenho certeza que a maioria de nós não estamos cientes das razões para o nosso ser negativo. Isso é também porque a negatividade é tão difícil de lidar. Minamos tentativa de Satanás de estabelecer uma fortaleza em nossas mentes quando admitimos, "Deus, eu sou uma pessoa pessimista." Esse é o começo.


Então clamamos ao Espírito Santo para sondar nossos corações. Jesus disse: “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo" (João 16:8). Muitas vezes, lemos esta palavra “mundo” e ficamos confortáveis. Sim, isso é para aqueles pecadores, aquelas pessoas que não conhecem Jesus. Isso é verdade, mas é apenas parcialmente verdadeira, porque também vivemos no mundo.


Nós-o povo de Deus- necessitamos ser convencidos,  também. Precisamos do Espírito Santo para sondar profundamente nosso interior e nos ajudam a compreender por que nós estamos aflitos com o pensamento negativo. Nós provavelmente sabemos de muitos incrédulos que são naturalmente otimistas, e que nunca falam mal de outros. Satanás já tem controle de suas mentes, para que ele nem sequer os tenta para que sejam negativos.


Pense nisso desta maneira: Satanás ataca-nos onde estamos fracos. Talvez isto ajude a explicar o que quero dizer. Mais de 100 anos atrás, William Sheldon começou a estudar os tipos de corpo humano e os classificou como tipos distintos. Sua pesquisa indicaram que todos nós estamos propensos para certos tipos de doenças físicas. Aqueles com a figura em forma de pêra são mais propensas a problemas cardíacos e pressão arterial elevada. Eu tenho uma amiga muito magra, e quando ela fica doente, ela vem para baixo com uma infecção pulmonar ou bronquite. Ela está na casa dos setenta, tem um coração saudável, e é saudável, mas ela tem os pulmões fracos.


Vamos aplicar esse princípio para o reino espiritual. Todos nós temos pontos fracos, alguns de nós somos propensos ao pessimismo, alguns a mentira ou fofoca, outras são por natureza mais enganosa. Não é que a pessoa é pior, porque todos nós temos nossas próprias fraquezas para vencer.

Precisamos do Espírito Santo para apontar essas deficiências. Só porque esses são os lugares naturais para os ataques de Satanás não quer dizer que não podemos fazer nada sobre eles. Apenas como o Espírito nos convence é que Ele pode nos livrar dos ataques satânicos. É por isso que Jesus enviou o Espírito Santo, o Consolador, porque Ele nos ajuda em nossos lugares vulneráveis.


“Santo Espírito de Deus, perdoe-me por pensar que eu posso entregar-me. Não permita que Satanás tire proveito de minha vulnerabilidade, mas livrai-me para que eu possa ser mais plenamente entregue a você e usado por Ti. Rogo isso pelo nome do meu Salvador, Jesus. Amém.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário